Tokyo Ghoul RPG

RPG narrativo baseado na saga de Tokyo Ghoul, obra original de Sui Ichida.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Aventura] Compreensão
por Mycroft Qui Ago 17, 2017 7:37 pm

» [Aventura] 1.0 - Como se tornar um Investigador
por Mycroft Ter Ago 15, 2017 5:23 pm

» [TND] Kekzy
por Mycroft Seg Ago 14, 2017 7:01 pm

» [TND] Mycroft
por ADM. Kekzy Seg Ago 14, 2017 5:51 pm

» [Aventura] A aventura vai começar...
por ADM. Kekzy Ter Ago 08, 2017 7:11 pm

» [Inscrição] Missão: Furto do Chacal
por ADM. Kekzy Dom Ago 06, 2017 2:28 pm

» [Inscrição] Missão: Assalto à Vigília
por ADM. Kekzy Dom Ago 06, 2017 2:17 pm

» [Inscrição] Missão: Caso Rose
por ADM. Kekzy Dom Ago 06, 2017 2:07 pm

» Cubo&Ken #VOUMATAR
por GM. Verdammt Dom Ago 06, 2017 2:05 am

» [Aventura]O duo mais fabuloso do fórum!
por Van Sab Ago 05, 2017 10:14 pm

Parcerias


Banner PRNR


Compartilhe | 
 

 Distrito Suginami

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
ADM. Kekzy
Admin
avatar

Mensagens : 177
Rotten Points : 6
Data de inscrição : 15/05/2017

MensagemAssunto: Distrito Suginami   Seg Jul 24, 2017 12:42 pm

Informações


Suginami (杉並区 Suginami-ku) é, dentre os 23 distritos especiais, o que fica mais ao oeste de Tokyo. Possui uma população de 562,065 residentes, distribuídos numa área de 34.06 km². As fronteira, ao leste com Shibuya e Nakano, ao norte com Nerima e ao sul com Setagaya. O distrito é cortado por dois rios rio, um deles denominado Kanda, que tem sua nascente no Parque Zenpukuji situado no sudoeste do decimo quinto distrito, e o outro rio é chamado de Myoshoji, originado no Parque Myoshoji, ao norte da estação Ogikubo. Além de possuir diversas escolas públicas.

Há exatos quinze anos uma das maiores organizações ghoul começou a emigrar para o distrito, infiltrando-se nas escolas públicas e criando uma onda de terror em toda a região. A gota d’água veio no massacre de treze de março numa das maiores apresentações da Orquestra Filarmónica do Japão no Suginami Kokaido. Conseguinte ao incidente, uma contramedida com iniciativa do próprio distrito, um dos primeiros atos de independência dentre os distritos como um todo, foi tomada e uma organização chamada de Operēshonfurawā (Operação Flor), também chamada de Organização, apenas. A Organização foi formada inicialmente para começar uma caça às bruxas contra todo e qualquer ghoul. No principio, e apenas nele, ela funcionou como deveria, caçando os predadores tão bem quanto os próprios Pombos, havendo até boatos que os precursores eram ex-membros insatisfeitos com a política da organização.

Com o passar do tempo, o movimento foi tomando um cunho religioso até ser dissimulado ao ponto de ser celebrado sacrifícios de ghouls na nascente do rio Kanda, reunindo cada vez mais pessoas para assistirem a demonstração da barbárie intitulando o ato como algo sublime e necessário. Pessoas eram julgadas por apoio aos ghouls começaram a ser executadas como eles e a população passou a temer a organização como se teme um deus.

Deste tempo para os dias atuais, a marginalização dos ghouls veio tornando-se não só uma escolha deles como também uma necessidade para que eles não fossem caçados por tudo e todos. Segundo A Organização, era dever de todo cidadão de bem denunciar onde quer que ele tenha ouvido boatos de um ghoul ter existido. Quem não o fizesse seria tomado como um adorador da causa e julgado como um. Por meio do punho de ferro, a índice de criminalidade tornou-se simplesmente utópico, alguns começaram a dizer que o distrito estava tomando tanta independência que os próprios instituíram uma organização que censurava os jornais “estrangeiros”, mas palavras são vento e nada foi provado até hoje.

AVISO: um ghoul dificilmente sobreviverá a um distrito como este; todavia, nada o impede de iniciar sua ficha aqui, faça por sua conta e risco.

Construções Importantes


Suginami Kokaido

Anteriormente, foi o local que concentrava a Orquestra de Tokyo. Mas a revolução das flores veio para alterar todo o local para um enorme quartel de operações. Foi exatamente neste local que aconteceu o massacre de treze de março e desencadeou o levante popular que tornou-se o monstro que é hoje. Pela memória das vítimas e para demonstrar para a população que o “governante” deles não era um ditador o nome do local permaneceu o mesmo, contudo todo o local foi reformado e transformado em um prédio de vinte e cinco andares repletos de adeptos da Operēshonfurawā que se vestem com togas rosa com capuzes que impede qualquer um de diferenciar seus integrantes. A segurança do lugar é eximia, mas, por falta de verba, não há nenhum grande aparelho que indica se é um humano ou um ghoul entrando no local, porém é possível que os seguranças usem uma versão menor nos que forem suspeitos. Os três últimos andares são restritos à apenas A Grande Flor, ou A Flor-de-Lótus e aos seus dois assistentes, A Planta-Carnívora e O Brumário.


Parque Zenpukuji

Uma região antes um pouco inóspita, passou a ser frequentemente povoada quando foi de conhecimento popular que os ghouls emigrantes estavam fazendo sua toca naquele local e o grande líder da Operēshonfurawā, chamado A Flor-de-Lótus, passou a instituir recompensar para os homens que trouxessem ghouls vivos ou mortos. Por causa disto, também, boa parte da floresta foi desmatada e há quem ainda gaste todo o tempo de sua vida em uma caçada infinita contra seres que há muito foram expurgados dali. O evento conhecido como Festival Asagaya Tanabata parou de acontecer apenas uma vez no ano e agora e usado como a comemoração posterior a uma execução de algum ghoul no palanque. É lá também que A Grande Flor da seus anúncios e diz com sua própria voz os grandes heróis que capturaram o ghoul e isso agrega um valor social enorme aos que forem agraciados.

Parque Myoshoji

Após a Revolução das Flores foi largado pela população e a relva cresce selvagem e alta no lugar que era um imenso jardim. Poucos ousem adentrar por entre aquelas árvores por haver boatos que as almas das crianças massacradas se escondem naquela floresta, alguns juram que escutam choro do filho ou do primo que perdeu na onda de massacre há quinze anos e, poucos, juram ouvir os músicos que morreram tocar. Boa parte disso é levado não mais que simples histeria popular, já que A Organização já foi lá investigar e nada foi concluído.

A verdade é que, em algum lugar, subterrâneo e muito bem escondido há um pequeno forte que esconde os poucos ghouls que sobreviveram e tiveram a sorte de chegar lá antes de ser capturado. A Organização nunca irá encontrá-lo, talvez pela soberba ou por todos que souberam da existência daquilo não saberem ao certo como chegar e quando chegam temem sair mais do que a própria morte, já que é dito que boa parte das execuções publica são apenas encenação e que os ghouls capturados sofrem por todas as mazelas que sua raça, individualmente.

Estação Ogikubo

A maior estação do distrito e muito bem guarda pela Organização. É bem próximo do impossível pegar um simples metrô sendo um ghoul, já que todos passam pelo detector de mão ao entrar e sair da estação e ao entrar e sair de qualquer metrô. Todos os guardas têm turnos de duas horas e há um pequeno espaço de dois minutos sem segurança, mas, ainda sim o motorista pode denunciar quem quer que entre no vagão sem ser avaliado. Talvez uma boa organização possa burlar o sistema, mas, um ghoul sozinho, estaria de mãos atadas se ele mesmo não for o motorista.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Distrito Suginami
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Antigo Distrito Uchiha
» Distrito Comercial
» Distrito Hozuki

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Tokyo Ghoul RPG :: Tokyo :: Distritos :: Distritos 13-18 :: Distrito 15-
Ir para: